best365体育投注英超_首頁(欢迎您)

<code id="yr0pe"><rp id="yr0pe"><table id="yr0pe"></table></rp></code>
    <track id="yr0pe"><strike id="yr0pe"><ol id="yr0pe"></ol></strike></track>

    <pre id="yr0pe"></pre>
    <output id="yr0pe"></output>
    <tr id="yr0pe"></tr>

      <pre id="yr0pe"></pre>
    1. Grupo de embaixadores inspirados pelas estratégias de erradica??o da pobreza da China

      Fonte: Diário do Povo Online    15.10.2020 14h49

      Um grupo de embaixadores na China de cerca de 30 países visitaram na ter?a-feira Ningde, uma cidade do Leste da China conhecida por seus esfor?os pioneiros na redu??o da pobreza. As práticas locais n?o só foram alvo de elogios dos enviados, como inspiraram muitos a dizer que aplicar?o alguns métodos inovadores ali testemunhados em seus próprios países.

      A China tirou mais de 75 milh?es de pessoas da pobreza nos últimos 40 anos, respondendo por 80% do total mundial no mesmo período, o que é totalmente evidente para os enviados que visitaram a pequena vila de Chixi em Ningde, província de Fujian, no leste da China. A viagem foi co-organizada pelo Departamento Internacional do Comitê Central do Partido Comunista da China e pelo Comitê Provincial de Fujian.

      Durante a viagem, muitos embaixadores disseram que, embora a situa??o em seus países fosse diferente, a história de Chixi e Ningde os inspirou de maneiras diferentes.

      Chixi, uma aldeia montanhosa onde vive a etnia "She", recebeu aten??o nacional quando a sua situa??o foi exposta nos jornais em 1984. A povoa??o recebeu uma doa??o de sementes e gado, mas isso n?o alterou a situa??o, pois a aldeia estava isolada do mundo.

      Em 1995, uma estrada foi construída e os residentes foram realocados para uma vila central. O transporte e as conex?es com o mundo exterior tornaram possível a indústria do chá e o ecoturismo. A renda per capita aumentou de apenas 160 yuans (US $ 24) por ano para mais de 20.000.

      Os embaixadores passaram duas horas em um trem de alta velocidade e um ?nibus para chegar à vila, a partir da capital da província, Fuzhou. O embaixador da Tanzania afirmou que a vila é t?o limpa e moderna que parece uma cidade.

      O diplomata disse ter ficado impressionado com a forma como as pessoas e o chefe da aldeia estavam ativamente envolvidos na causa. O chefe "sabia tudo, cada número sobre a sua aldeia".

      “Em Fiji, temos terra fértil, temos o mar, mas o povo [é fundamental]...”, disse o embaixador Manasa Tagicakibau ao Global Times, dizendo que é fundamental mobilizar o público para erradicar a pobreza.

      As rela??es estreitas entre as autoridades locais e as pessoas estimularam o que muitos observadores chamam de milagre da erradica??o da pobreza na China. Há 3 milh?es de funcionários do Partido Comunista da China em aldeias em todo o país realizando este trabalho. Especialistas em ciência e tecnologia s?o enviados para as áreas afetadas pela pobreza para ajudar os habitantes locais a desenvolver modelos econ?micos adequados. O big data tem a capacidade de monitorar a situa??o de famílias em situa??o difícil na periferia, garantindo que n?o voltam à pobreza assim que algo inesperado acontece.

      Chixi é apenas uma das histórias sobre um vilarejo outrora empobrecido que escapou à indigência, trilhando um caminho único após décadas de esfor?os.

      Tagicakibau observou que a política eleitoral em Fiji por vezes p?e em risco a eficiência e estabilidade das políticas, já que muitas medidas n?o têm acompanhamento e implementa??o.

      Outra li??o que muitos embaixadores mencionaram foi que as medidas devem se adequar às condi??es locais, pois nenhum modelo pode ser copiado diretamente para outros países.

      “O desenvolvimento de Ningde foi formulado com base na situa??o da cidade. O Gab?o deve se desenvolver à sua maneira, aproveitando seus recursos hídricos, florestais e minerais”, disse a embaixadora Baudelaire Ndong Ella ao Global Times.

      O embaixador das Bahamas, Sterling Quant, disse que a redu??o da pobreza decorre em dois níveis: apoio governamental de cima para baixo e compromisso de baixo para cima. O governo pode fornecer alguns subsídios e meios de treinamento. "Os dois devem combinar para que todas as medidas realmente funcionem", afian?ou.

      Depois de visitar um fabricante de baterias em Ningde, cujos clientes incluem a BMW e a Toyota, Quant disse que um projeto como este, que requer muitos recursos e tem um grande mercado pode n?o ser o que as Bahamas necessitam, n?o obstante da estratégia de erradica??o da pobreza em si ser muito útil.

      A China eliminará a pobreza absoluta em 2020, 10 anos antes do prazo estabelecido pela Agenda de 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A história de Ningde e Fujian n?o é apenas uma referência para outros países, mas é também muito inspiradora para os países em desenvolvimento descobrirem uma forma adequada de enfrentar a pobreza, disseram os embaixadores. 

      (Web editor: Renato Lu, editor)

      0 comentários

      • Usuário:
      • Comentar:

      Wechat

      Conta oficial de Wechat da vers?o em português do Diário do Povo Online

      Mais lidos

      best365体育投注英超